Como o PCM auxilia na análise de qualidade de processos e produtos

Como o PCM auxilia na análise de qualidade de processos e produtos

Paradas de produção inesperadas ainda são desafios para várias empresas e, ocorrendo, podem afetar diretamente o tempo de produção e qualidade de seus processos e produtos. Tendo em vista isso, o Planejamento e Controle da Manutenção (PCM) oferece o suporte necessário para um processo produtivo mais eficiente, possibilitando medir, analisar e controlar o desempenho não só da manutenção, mas também de uma organização como um todo e uma maior análise de qualidade no PCM.

Neste post, você saberá o que é o PCM, objetivo e importância do mesmo, como a análise de qualidade no PCM influencia positivamente em processos e produtos, além da apresentação de seus principais indicadores para o controle e obtenção da tão sonhada eficiência e qualidade.

O que é PCM?

A sigla PCM significa Planejamento e Controle da Manutenção e é a área responsável por gerenciar todas as atividades da manutenção através do controle e planejamento dessas, auxiliando, em consequência, no monitoramento de custos, tempo das atividades, situação dos equipamentos, entre outros.

Objetivo e importância do PCM

A execução do PCM tem extrema importância, pois permite pôr em prática recomendações da NBR 5462, além de atender à Norma Regulamentadora N° 12 (NR-12) de Segurança do Trabalho em máquinas e equipamentos.

Sendo assim, assegura a saúde e integridade de colaboradores, além de cumprir com seu objetivo de garantir o aumento de produtividade e confiabilidade de ativos, por meio da redução do tempo de paradas para manutenção, da construção de estratégias, redução de desperdícios, consequente redução de custos e muito mais.

O PCM como aliado da análise de qualidade de processos e produtos

O artigo ‘O sincronismo entre PCM e PCP: estudo de caso em uma empresa metalomecânica’ comprova que o PCM, quando alinhado a estratégias de produção, auxilia no alcance da excelência quanto ao custo, flexibilidade, confiabilidade, rapidez dos processos internos e à percepção de qualidade pelo mercado.

Sendo assim, o planejamento e documentação das atividades e recursos necessários para manutenção, assim como a inserção de ferramentas de estratégia e de qualidade – como FMEA, PDCA, 5 porquês – ,no PCM, geram indicadores que, estrategicamente, auxiliam a atingir os objetivos da empresa no que tange ao aumento da confiabilidade e qualidade dos processos.

Indicadores do PCM que podem auxiliar na qualidade de processos produtivos e seus produtos

Os indicadores são constituídos por um conjunto de dados quantitativos. Esses dados possibilitam análises que compreendem os efeitos da manutenção no processo produtivo.

Além disso, essas ferramentas ajudam a identificar e priorizar os esforços para aperfeiçoamento da operação de máquinas e equipamentos, promovendo a qualidade. Dessa forma, os indicadores mais utilizados no PCM para esses fins são:

  • Backlog – Avalia a demanda de serviços, o tempo necessário para realização e a capacidade de atender a estes;
  • MTBF – Tempo médio entre falhas. Avalia o número médio de horas de máquina disponível com bom funcionamento entre as falhas apresentadas;
  • MTTR – Tempo médio para os reparos. Quantifica o tempo médio necessário para realizar o reparo na máquina, ou seja, tempo de parada;
  • Disponibilidade física – Se refere a capacidade da máquina em produzir em um dado intervalo de tempo;
  • Controle por tipo – Se refere ao percentual de cada tipo de manutenção que está sendo realizada;
  • OEE – Eficiência Global do Equipamento. Analisa a eficiência dos equipamentos baseado em três fatores: disponibilidade da máquina, performance da produção e qualidade do produto;
  • CMF – Custo de Manutenção por Faturamento. Identifica a eficiência da manutenção, olhando para custo total de manutenção em relação ao faturamento;
  • O Retrabalho – Analisa o índice de produtos que retornam à linha de produção para ajustes, reparos ou correção.

Realize o seu planejamento com a TM Jr.!

É notório que a implementação do PCM e obtenção de seus indicadores promove diversos benefícios, tais como:

  • aumento de produtividade dos maquinários e da equipe de produção;
  • maior previsibilidade de faturamento;
  • previsibilidade e redução de custos;
  • aumento da qualidade dos processos e produtos, promovendo agilidade e maior volume da produção.

Portanto, se seu objetivo é se adequar às normas e obter os benefícios que o PCM promove, a TM Jr. oferece esse serviço com excelência e preço abaixo do mercado, planejando as atividades necessárias e adequando-as à realidade de cada cliente.

Para demais dúvidas, entre em contato conosco ou acesse nossas redes sociais.

Deixe uma resposta