3 cuidados que você deve ter com seu ar-condicionado para evitar problemas de saúde

3 cuidados que você deve ter com seu ar-condicionado para evitar problemas de saúde

Começamos nossa série de dicas sobre ar-condicionado, falando sobre os cuidados que você deve ter com o seu aparelho a fim de evitar a ocorrência de um incêndio na sua residência ou no seu local de trabalho.

Agora vamos conversar um pouco sobre os cuidados que você deve ter uma vez que é tão utilizado no nosso dia a dia. Aliás, é importante um equipamento de conforto não interferir negativamente na sua saúde!

A TM Jr. traz para você 3 dicas do que verificar no seu ar-condicionado para você manter o ar fresco e ainda respirar bem!

1. Higienize o ar-condicionado

De modo geral, a higienização do ar-condicionado visa evitar a proliferação de bactérias e, consequentemente, doenças respiratórias. Contudo, para devidamente atingir o objetivo, a limpeza não deve ser meramente superficial, mas sim de cada um dos componentes do aparelho. Logo, aqui é feito uso de produtos especiais e biodegradáveis.

Quando os aparelhos estão em ambiente corporativo, essa purificação deve ser ainda mais cuidadosa. Então, é feita em mais de uma etapa e produtos diferentes são utilizados para limpar e higienizar o ar-condicionado. Entretanto, essas etapas devem sempre ser realizadas por um profissional capacitado para tal.

2. Limpe as unidades evaporadora e condensadora

A unidade condensadora do aparelho se encontra no ambiente externo. Por isso, está exposta a problemas como poeira acumulada, galhos, folhas de árvores e até ninhos de passarinho. A obstrução desse dispositivo pode causar danos principalmente no ventilador e no compressor do aparelho. Por isso, sua manutenção deve estar programada para ser realizada de 6 em 6 meses com o intuito de garantir segurança e eficiência do ar-condicionado.

Já a unidade evaporadora é aquela que se encontra no ambiente interno no qual o ar-condicionado está instalado. Para garantir que a mesma está funcionando bem, é preciso que itens como filtro, ventilador e as aletas (direcionadoras, indicam a direção pela qual o vento deve correr) de circulação e do trocador de calor estejam devidamente verificados e higienizados. 

Você sabia que o filtro do seu ar-condicionado pode ser limpo por você mesmo? A limpeza é simples e deve ser realizada num período entre 7 e 15 dias! 

3. Mantenha o dreno desentupido

Enquanto o ar-condicionado está em funcionamento, um dispositivo retira a umidade provinda do ar do ambiente no qual o aparelho está instalado com propósito de deixar o ar mais seco e frio. Esse é o dreno.

O vapor de água retirado do meio é condensado (transformado de gasoso para líquido). Depois, é guiado por uma mangueira até o ambiente externo, removendo a água do equipamento. Se o dreno do aparelho estiver entupido, a água começará a deslocar-se à evaporadora (parte do aparelho voltada internamente para o ambiente). Logo, assim se iniciam os problemas.

Dessa forma, a água liberada pode causar infiltração em tetos e paredes próximos ao aparelho. Além de causar mal cheiro no ambiente, perda da eficiência do ar-condicionado e também na refrigeração. Por certo, a presença de umidade e mofo no ambiente provoca o conhecido “bolor”, um tipo de fungo que causa e agrava doenças respiratórias, como asma, bronquite, rinite, além de suscitar alergias.

A higienização do aparelho é um dos itens da manutenção preventiva que deve ser realizada no mesmo. Por isso, conhecer a PMOC (Plano de Manutenção, Operação e Controle) e confiar o trabalho de gerenciamento de manutenção dos seus ares-condicionados a uma empresa confiável é muito importante.

Com a manutenção preventiva, seu aparelho permanecerá em constante funcionamento pelos devidos cuidados, com manutenções de baixo custo e previamente agendadas. A TM Jr. realiza o serviço de gerenciamento de manutenção para você! Entre em contato conosco e peça já o seu orçamento!

[SOLICITE SEU ORÇAMENTO]

 

Deixe uma resposta